Perguntas e Respostas

Veja algumas dicas para escolher o melhor colchão!

Quais os benefícios de usar um bom colchão?

 

O sono tem grande importância em nossas vidas. É durante o repouso que recuperamos nossas energias físicas e psíquicas. A utilização de um colchão não adequado além de prejudicar a qualidade do sono e a recuperação das energias, pode ainda, com uso prolongado, provocar danos irreversíveis á coluna. Um colchão confortável e adequado ao seu biótipo deve sustentar todas as partes do corpo de forma confortável durante todo o período do sono, manter a postura correta da coluna, conciliando relaxamento muscular, circulação sanguínea e conforto térmico, garantindo uma boa noite de sono.

 

Como escolher o modelo ideal de colchão?

 

O colchão deve estar adequado ao biótipo do usuário em firmeza e flexibilidade e o tipo que está acostumado, também deve ser levado em consideração no momento da escolha.

Dê preferência à lojas especializadas e multimarcas, pois oferecem diferentes tipos de tecnologias empregadas em molas e espumas, diminuindo consideravelmente a possibilidade de indicação incorreta por falta de produto adequado em suporte e conforto.

 

O que é um colchão ortopédico?

 

Todo colchão deve exercer uma função ortopédica para seu usuário, o que só se obtêm combinando as características do colchão com o biotipo da pessoa. Para pessoas com problemas de saúde o mais indicado é procurar lojas multimarcas e especializadas. Nessas a variedade de molas permite uma adequação mais segura, além de trabalharem com variados tipos de tecnologias em molas e espumas, evitando a indicação incorreta por falta do produto adequado. Esse tipo de loja geralmente trabalha com as molas de alto suporte, o que garantem a manutenção das características de firmeza do colchão por muito mais tempo.

Existem muitos modelos que se vendem como ortopédicos, mas que não o são.Um colchão será ortopédico quando ceder nas devidas proporções às curvaturas do corpo, sem, no entanto, afundar como um todo ou desproporcionalmente. Em outras palavras, ao deitar num colchão ortopédico seria como se estivéssemos deitados num local sem gravidade, e o corpo ficasse flutuando, com as curvas de sua anatomia em perfeito estado, sem influência de qualquer força ou pressão.

 

Um colchão extremamente macio ou extremamente rígido não será confortável, tampouco ortopédico.

Por que é bom testar o colchão na loja?

 

Pode ser estranho, inicialmente, uma pessoa experimentar o colchão na loja, mas é muito importante deitar, virar de lado, na posição que costuma dormir e avaliar o conforto com o objetivo de identificar a adequabilidade. Não é indicado testar o colchão sentando, pois o peso estará concentrado num mesmo lugar, prejudicando sua avaliação. Deitar em colchões de diferentes níveis de conforto e nas posições utilizadas para dormir pode fazer muita diferença para a qualidade do sono. Dedique alguns minutos para fazer uma boa escolha, afinal, ele ficará com você por um bom tempo.

Qual a melhor opção? Colchão de molas ou de espumas?

 

  Tanto o colchão de espuma quanto o de molas, se estiver corretamente adequado ao biótipo do usuário, segundo a norma NBR 13579, manterão a coluna em posição correta durante o sono. Porém, considerando um colchão de casal, é comum diferença de peso entre os usuários. Assim, a adequação da densidade, quando se tratar do colchão de espuma, deve ser feita a partir da pessoa com 

maior peso, ou seja, a pessoa mais leve provavelmente terá problemas para a adaptação, e, mesmo depois de acostumado não estará dormindo num colchão devidamente indicado. Já um colchão de molas, além da melhor adequação a variados biótipos, trarão outros benefícios. Alguns deles: 

 

- Os de molas chegam ser 28% mais fresco comparado a um colchão de espuma, uma vez que, entre as molas circulam ar e isso reduz, significativamente, o acúmulo de microrganismo nocivos à saúde. 

 

- Maior durabilidade: um colchão de molas dura no mínimo o dobro do tempo comparado ao só de espumas. Se realizada a manutenção correta pode durar ainda mais.

 

- Se um colchão de molas dura no mínimo o dobro, consequentemente, além de maior conforto para o corpo, também traz vantagem para o bolso.

 

- Os colchões de molas atendem diferentes biótipos, ou seja, quando de casal a adequação é feita a partir da pessoa de maior peso, porém, ficará adequado aos dois usuários.  

Se prefiro de espumas, qual densidade escolher?

 

O colchão não pode ser muito duro nem muito mole. A densidade deve ser adequada ao biótipo do usuário seguindo a norma NBR 13579 e a adequação do biótipo é feita pela relação peso versus altura. Por exemplo: Para uma pessoa com altura de 1,71m à 1,80m e com peso entre 61 e 80 kg, o indicado é espuma D28 (densidade 28).  Já uma pessoa que mede entre 1,71m e 1,80m e com peso entre 

91 e 100 kg, o indicado é espuma D33 (densidade 33). É aconselhado sempre consultar a tabela de adequação do INMETRO, disponível em lojas especializadas. Para quem busca um colchão de casal, é fundamental levar em consideração, para a escolha, a pessoa de peso maior.

Como avaliar o tecido?

 

A tecnologia ajudou os fabricantes a desenvolverem diversos recursos para um sono melhor, estando entre eles os tecidos que podem ser de fibras naturais, como bambu e eucalipto, que além de proporcionarem conforto térmico, evitam o acúmulo de microrganismos. É importante frisar que tecidos com toque macio permitem melhor percepção das camadas de conforto.

Garantia vs Vida Útil

 

A garantia do produto é diferente de vida útil do produto. A garantia é um tempo para que o consumidor tenha respaldo caso o produto apresente alguma desconformidade ou defeito de fabricação. Não se impressione com garantias estendidas, visto que a durabilidade está associada à qualidade dos componentes utilizados pelo fabricante para a confecção do colchão, tais como tipo de mola, espuma e tecido. O prazo de garantia pode variar entre os fabricantes. Um colchão é um investimento de médio a longo prazo. Portanto, fique atento às especificações de qualidade do produto porque a garantia te protegerá de eventuais defeitos e não dos desgastes apresentado no uso. É comum fabricantes oferecerem garantias estendidas para “ganhar” o consumidor, porém, como esta 

não cobre desgaste por utilização, a vida útil deste produto pode ficar muito aquém do que duraria um colchão bem fabricado. Assim, ao reclamar a garantia, o fabricante não trocará o colchão pelo desgaste, como por exemplo, pela perda acelerada da firmeza do colchão.

Veja como chegar na Colchões House:

Avenida Atílio Pedro Pagani, 433 - Palhoça

48 3093 0093

Segunda a Sexta das 09:00 as 19:00

Sábado das 09:00 as 17:00 

Rua Fúlvio Aducci, Estreito - Florianópolis

48 3240-0093

Segunda a Sexta das 09:00 as 19:00

Sábado das 09:00 as 13:00 

Desenvolvido por WC Propaganda